Postagens

XII Conferência Brasileira de Agricultura Biodinâmica 09 a 12 de Out. 2017

Imagem
Mais informações acesse: http://biodinamica.org.br/xiiconferencia-biodinamica-iisimphorg-2017

VISITA TÉCNICA - Consultor de associação agroecológica visita trabalhos do Iapar na Lapa

Imagem
(31/08/2017) Com o objetivo de trocar experiências sobre o manejo agroecológico e biodinâmico, o consultor João Carlos Ávila, da Associação Biodinâmica, visitou no dia 28 de agosto de 2017 os trabalhos realizados na Estação do IAPAR na Lapa, acompanhado de uma equipe de pesquisadores e técnicos do Instituto.

A agricultura biodinâmica concebe a propriedade como um organismo vivo, preconizando práticas de interação entre animais, vegetais e seres humanos. Na prática o que mais diferencia esse modelo de agricultura é a utilização de alguns preparados biodinâmicos (compostos líquidos de alta diluição, elaborados a partir de substâncias minerais, vegetais e animais) aplicados no solo, planta e composto, baseados numa perspectiva energética e em conformidade com a disposição dos planetas.

O pesquisador José Lino Martinez apresentou o trabalho de manejo de bubalinos em sistema agroecológico, destacando alguns desafios encontrados desde a implantação do sistema em 2009, como o controle de invas…

Solstício e Equinócio

Imagem
O termo  "equinócio" é fácil de compreender.  É o dia na primavera e no outono em que o dia e a noite  têm exatamente a mesma duração, 12 horas. A Equus significa "igual", "nox, noctis"  "noite". São exatamente os dias 20 de março e 22 de setembro, os equinócios de outono e de primavera, no hemisfério sul. Menos simples é a compreensão do solstício. São precisamente os dias 21 de dezembro e 21 de junho, respectivamente o solstício de verão e o de inverno, o dia mais longo e dia mais curto do ano. Mas porque este nome "solstício"?  Mais uma vez  a linguística nos esclarece.    "Solstitium" em latim significa literalmente "o Sol parou", "Sol stitit". "Stitit" é a  terceira pessoa do singular do pretérito perfeito do verbo "sistere", da terceira conjugação, que significa  "parar". É aí que reside a dificuldade. "O Sol parou?". O Sol nunca pára, move-se continuamente em …

Curso de Agricultura Biodinâmica - Sítio das Fontes - Módulo I: As Polaridades na Natureza - 01 a 03 de Setembro.

Imagem

Introdução à Agricultura Biodinâmica: Vida nova para a Terra. Dia 26 e 27 de Agosto - IAPAR Londrina

Imagem

O silício, o cálcio, o carbono.

Imagem
O silício (Si), de número atômico 14, é o receptor cósmico por excelência. Vincula-se ao grupo de planetas distantes, em especial a Saturno, via calor, ou melhor, via estado calórico da atmosfera. O cálcio, por outro lado, de número atômico 20, é o receptor e o concentrador terrestre, juntamente, com os outros elementos afins, como o sódio, o potássio, o magnésio, ou seja os alcalinos e os alcalino-terrosos ( terrestres). É ligado ao grupo de planetas próximos, sobretudo à Lua, através do elemento água. Aí já temos um conjunto de polaridades: silício-cálcio, cósmico-terrestre, calor-água, areia-cal. Uma vez identificadas as polaridades, opostas e complementares, o passo seguinte é reconhecer onde se situa o equilíbrio, a superação dos contrários. Essa busca nos leva a um elemento de todo especial. Entre o 14 e o 20 situa-se o de n°6, o carbono (C). O carbono é a transcendência da polaridade silíco-cálcica, o indicador de matéria orgânica. O carbono tem valência 4, a metade de 8, o número…